Oi galera! Me aventurei a escrever meu primeiro artigo com o ponto de vista mais técnico aqui no blog.

Escolhi tratar do tema pré flop por considerar a base do nosso jogo.

O primeiro ponto que quero observar é a elasticidade dos ranges. Muitos jogadores constroem o range e tornam aquilo estático sem levar em considerações as variáveis da mesa. É verdade que boa parte do nosso range será estático. No entanto, a borda pode ser elástica e adaptável. Em MTT existem muitas variáveis a se considerar, como:

Quem está na esquerda? Se eu tenho uma esquerda muito ativa composta por jogadores bons, eu tenho uma tendência à reduzir meu range de open. Mas seu encontro uma esquerda mais passiva ou com jogadores ruins, a tendência será de aumentar o meu range de open e jogar mão que não jogaria normalmente.

Qual o stack da sua esquerda e como ela se comporta? Observar os stacks e levar isso em contar na estratégia de open é fundamental. Além disso, como esses jogadores estão se comportando com o stack que eles tem também. Ter um jogador com muita ficha na sua esquerda, pode ser motivo para ajuste ou não.  Veja, existem situações que o jogador tem muita ficha mas é tight, logo o fato de ter um jogador com muitas fichas, não interfere no nosso game. Depende muito de como o jogador se comporta com o stack que tem.

Pre flop – Day Kotoviezy

Qual o tipo e momento do torneio? Exemplo, nos torneios bountys é comum que quando você tem menos ficha que você seja mais explorado que em outros torneios pela questão do bounty. Logo, se você tem uma esquerda bem ativa com mais ficha, exige adaptações de ranges e muitas vezes até size. Em situações de bolha por exemplo, é um momento que a média do field abre menos do que deveria. Então é uma boa oportunidade para explorar isso e deixar o range mais amplo. São muitas variáveis a se considerar em MTT por isso é bem importante estar atento a tudo!

Fazer uma boa seleção dos adversários é mais uma estratégia importante. O dinheiro vem do fish, então escolher sempre os ruins, optar por jogar ranges mais amplos contra eles e mais sólidos contra os regulares bons. Evitar as bordas dos ranges contra regulares bons.

Parece simples mas se não estivermos atentos e estivermos jogando no automático, o range fica estático e muitas dessas oportunidades passam e nem vemos. Por isso é importante ter um range pré definido mas avaliar sempre todas as variáveis.

Espero que vocês tenham gostado!

Compartilhe.

Comentários estão fechados.